Início For Gamers Genshin Impact: como montar um PC gamer barato para jogar o game?

Genshin Impact: como montar um PC gamer barato para jogar o game?

A febre que conquistou as plataformas de streaming não exige muito para jogar. Confira o que comprar para aproveitar o game!

Genshin Impact é o fenômeno que tomou a internet nos últimos meses. Lançado mundialmente em 28 de setembro, o game é um Action RPG com belíssimos gráficos, ambientação única e uma proposta extremamente interessante para fãs do gênero.

É um título consideravelmente simples e acessível para vários públicos. Característica esta que também foi levada para a distribuição do game, compatível com PC, Android, iOS e PS4, garantindo que um enorme público possa curtir um pouco do jogo nas mais variadas opções. A gameplay proporciona horas de diversão em todos os cenários, mas, como aproveitá-la em um PC gamer barato?

Requisitos mínimos para Genshin Impact em um PC gamer

Por sorte, Genshin Impact não é um título exigente em hardware. As especificações mínimas para rodá-lo são acessíveis e facilmente alcançáveis com um orçamento mais enxuto. São elas:

Processador: Intel Core i5, equivalente ou superior.
Placa de Vídeo: NVIDIA GeForce GTX 1030, equivalente ou superior (com suporte ao DirectX 11).
Memória RAM: 8 GB.
Sistema Operacional: Windows 7 (64 bits), Windows 8 (64 bits) ou Windows 10 (64 bits).
Espaço livre no armazenamento: 30 GB.

Isso abre espaço para inúmeras opções de upgrade ou a compra do primeiro PC gamer. Em uma ligeira inspeção, esse hardware permite a jogatina em Full HD, com configurações todas reduzidas ao mínimo (o que não tira a beleza do jogo), mas alcançando os 60 quadros por segundo em vários cenários — com exceção nos combates mais turbulentos.

O melhor processador para Genshin Impact

Como em qualquer caso de upgrade, é necessário começar pela escolha do processador. O CPU Intel Core i5 é uma faixa intermediária que normalmente apresenta um bom balanço entre custo e benefício. Componentes equivalentes ou superiores ao i5 são fáceis de encontrar, já que a desenvolvedora miHoYo não especificou a geração. Normalmente, os AMD Ryzen são as melhores opções, quando economizar é o principal objetivo.

Genshin
Fonte: miHoY

Um Ryzen 3100, acompanhado por uma placa de vídeo, faria muito bem o serviço e facilmente entrega 60 quadros por segundo com certa folga. Seu valor fica em torno dos R$ 800, e vale ficar atento ao app KaBuM! para conferir a disponibilidade do produto.

É possível economizar ainda mais na escolha do processador. O próprio Ryzen 3200G consegue lidar com toda a demanda de vídeo, dispensando totalmente uma placa gráfica. Essa opção é ideal para contornar o gasto extra no CPU, mas não será a experiência ideal e pode exigir sacrifícios em resolução. Nesse caso, o valor fica igualmente na faixa dos R$ 800, mas gera economia ao dispensar uma GPU.

Qual GPU comprar?

Os requisitos mínimos estabelecidos pela miHoYo também foram bem generosos na placa de vídeo. Uma placa NVIDIA GTX 1030 já atende bem e entrega médias próximas aos 60 quadros por segundo em momentos tranquilos. Qualquer upgrade acima disso já apresenta um desempenho mais estável.

Impact
Fonte: miHoYo

A NVIDIA GTX 1650 entregaria com facilidade uma ótima experiência em Genshin Impact no seu PC gamer. Ela pode não permitir que você habilite todos os filtros de pós-processamento ou altíssimas resoluções, mas o Full HD na qualidade média será uma missão fácil e você pode ir ajustando as configurações para extrair o máximo possível. Nesse caso, o valor fica na casa dos R$ 1.000, e a dica é a mesma: o app KaBuM! te garante acesso às promoções rapidamente.

Memória RAM para Genshin Impact

Seguir o mínimo recomendado pelo game, nesse caso, já é o suficiente para gerar conforto. Contudo, lembrando que pegamos um Ryzen como melhor opção para CPU, ter altas frequências é a garantia de longevidade, e as diferenças de valores não são tão grandes. Um pente de memória RAM de 8 GB em 3000 MHz atenderá com folga e abrirá espaço para upgrades. O valor fica em torno dos R$ 300.

Genshin Lobo
Fonte: miHoYo

Fontes, armazenamento e gabinete são recursos não listados, mas que estão implícitos nessa combinação. O gabinete é preferência pessoal, o armazenamento seria bom com SSDs SATA, ou até HDDs (se o orçamento não permitir), e a fonte, por sua vez, pede um pouco de atenção.

Ter uma fonte de qualidade, com marca confiável, selo 80 PLUS e potência de no mínimo 500 W já é o suficiente para alimentar um PC gamer mais parrudo. Optar por essa potência garante maior longevidade e espaço para upgrades no futuro. Contudo, ainda assim, estabeleça seus possíveis objetivos, pesquise, confira análises da fonte desejada e, se tudo estiver de acordo, feche a compra.

Por: Igor Almenara

2 COMENTÁRIOS

  1. Ótima matéria! Um dos games mais jogamos no momento <3
    Poderiam fazer uma matéria semelhante a essa, para CyberPunk 2077 ??
    O game esta para sair, e tem uma GALERA interessada! abraços

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES

O primeiro PS5 do KaBuM! pode ser seu

Confira as últimas novidades do console e participe da promoção “Esse PS5 é Meu” para ganhar o primeiro exemplar do produto no KaBuM!

Vem aí o PlayStation 5

Com lançamento previsto para o final de 2020, as expectativas dos gamers para a chegada do novo console da Sony são grandes. Confira!

Conheça o ROG Phone 3, lançamento da Asus

Smartphone apresentado pela marca nesta semana conta com Snapdragon 865 Plus e até 16 GB de RAM.

Monitores de 360Hz para as novas gerações de GPUs

360Hz é a promessa das placas de vídeo da nova geração. Mas, qual o impacto disso na hora de jogar?