Início Segurança Cuidado: o Discord pode ser o mais novo alvo dos malwares

Cuidado: o Discord pode ser o mais novo alvo dos malwares

Com cerca de 140 milhões de usuários ativos, Discord entrou na mira de hackers por meio da engenharia social

Hoje, o Discord é um dos principais hubs da comunidade gamer, juntando chat de voz, postagens em estilo fórum e diversas ferramentas de interação. Por isso não é de se espantar que streamers e empresas estejam mirando cada vez mais a plataforma. O problema? Os hackers também parecem especialmente interessados no serviço.

Segundo um relatório publicado pela Sophos, o aplicativo tem recebido uma crescente onda de malwares e outros softwares maliciosos que podem não só tomar controle dos canais, como também roubar dados de seus participantes.

Discord na mira

Considerando que o Discord tem hoje mais de 300 milhões de contas registradas e cerca de 140 milhões de usuários ativos, era questão de tempo até que os criminosos digitais fizessem investidas mais intensas dentro da plataforma.

De acordo com as informações divulgadas pela firma de cibersegurança, o ponto fraco do app é a forma como ele guarda os arquivos subidos pela comunidade. Esses itens são armazenados na nuvem de uma forma quase que definitiva, sem um tempo limite para uso.

Reprodução: Alexander Shatov/Unsplash

É preciso ativamente buscar e deletar de forma manual os documentos para que eles sejam excluídos. Assim, o upload de malwares nos canais de Discord pode passar despercebido e acabar se mesclando indefinidamente no meio das conversas.

O tipo mais comum de malware encontrado pela Sophos é aquele que tenta roubar informações pessoais dos usuários utilizando trojans de acesso remoto. Mas também há softwares maliciosos dedicados a surrupiar senhas e credenciais da plataforma, capturar canais ou servidores inteiros e até mesmo interceptar transações bancárias.

O elo mais fraco

Ok, mas os hackers estão ativamente entrando em servidores alheios e fazendo o upload de malwares? Nada disso: é a própria comunidade de usuários do Discord quem faz isso, graças a ações focadas de engenharia social.

De forma geral, os programas maliciosos são oferecidos como ferramentas para ganhar vantagens em jogos – os famosos cheats. Alguns deles dizem que conseguem atrapalhar ou fechar o game do seu adversário, enquanto outros prometem desbloquear conteúdo extra ou aprimorar sua jogatina. Vale dizer que a grande maioria não faz nada disso, é claro.

Enquanto o Discord não aprimora seu sistema de análise e armazenamento de arquivos, a dica é alertar moderadores a respeito de conteúdo suspeito nos seus servidores favoritos ou pensar bem antes de fazer downloads na plataforma por meio de links de terceiros.

Fonte: PCGamer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES