Início Softwares Windows 11 é anunciado oficialmente pela Microsoft

Windows 11 é anunciado oficialmente pela Microsoft

Nova versão do sistema operacional foi confirmada como Windows 11 e estará disponível a partir do últimos trimestre de 2021

Depois de uma série de vazamentos e rumores a respeito do sistema, a Microsoft finalmente anunciou o sucessor do Windows 10. Em evento online nesta quinta (24), a empresa revelou que o Windows 11 chega para os consumidores a partir do último trimestre de 2021.

Bem-vindo ao Windows 11

O Windows 11 é uma evolução natural de seu antecessor, trazendo um novo processo de instalação – mais limpo e didático – e interface completamente renovada.

Segundo Panos Panay, diretor de produtos da Microsoft, a ideia da empresa foi fazer com que o novo Windows fosse ainda mais familiar e conectasse as pessoas. Por isso, o visual recebeu um bela atualização que coloca o usuário no centro – e no controle – de tudo.

Na prática, isso coloca o menu Iniciar e outros programas mais usados num dock centralizado da plataforma, que se adapta a qualquer tela ou dispositivo utilizado para acessar o novo Windows. Tudo isso empoderado pela nuvem e sua capacidade de entender seu comportamento no computador.

Também fazem parte do pacote, um novo processo de instalação – como indicamos no nosso preview –, reformulação dos sons do SO, uma Microsoft Store renovada e melhorias de sistema pensadas exclusivamente para o público gamer.

Um sistema com a sua cara

A nova versão do Windows ficou indiscutivelmente mais elegante. No lugar do visual mais quadrado das janelas que dão nome ao produto, o Windows 11 oferece cantos arredondandos, transparências onde é necessário e, finalmente, um modo Claro e Escuro que melhoram consideravlemente a experiência de uso dependendo da hora do dia.

O horário também é um fator importante para outro novo recurso da plataforma: uma taskbar viva e adaptável. Agindo com um dock, a nova barra de tarefas exibe ícones e apps conforme o contexto, podendo focar em produtividade ao longo do dia e entretenimento à noite, por exemplo.

O anúncio também marca o retorno dos widgets, que junto de novos temas e de um sistema mais aprofundado de customização – é possível mudar até a “skin” do teclado virtual do sistema – permitem um nível de personalização ainda maior do Windows.

Funcionalidades e recursos

Vale notar que todas essas novidades também servem para quem for utilizar o Windows 11 em dispositivos com telas sensíveis ao toque. Sim, os recursos de touch foram aprimorados para notebooks e tablets, otimizando a navegação pelo sistema, reconhecendo novas combinações de gestos e facilitando o uso de canetas dentro da plataforma.

Os jogos também ganharam atenção especial. O Xbox Game Pass para PCs, por exemplo, passa a ser integrado diretamente ao aplicativo do Xbox, facilitando – e muito – o download e execução dos jogos oferecidos pelo serviço de assinatura. Enquanto isso a adição de suporte melhorado à tecnologia HDR e o recurso de DirectStorage tornam a jogatina mais bonita e com melhor performance.

A Microsoft Store, loja de apps da plataforma, foi outra a receber uma bela atualização. Com a reformulação, ela traz uma curadoria de conteúdo mais eficiente e amigável, espelhamento de aplicativos em diferentes dispositivos e – para surpresa de muitos – suporte a apps nativos do Android.

Update gratuito

Como esperado, a atualização para o novo sistema será gratuita para os usuários de versões mais recentes do sistema. Tecnicamente, essa ação seria voltada apenas para os consumidores do Windows 10, mas como a atualização do Windows 7 e Windows 8.1 para o Windows 10 seguem ativas, esse público também fica contemplado com o upgrade.

Requisitos mínimos

Para instalar o novo Windows 11, a Microsoft recomenda que sua máquina tenha alguns requisitos mínimos de hardware:

  • Processador de 64-bit
  • 1 GHz de velocidade
  • 2 cores
  • 64 Gb de armazenamento
  • 4 GB de memória RAM
  • Compatível com UEFI
  • Tela de 9 polegadas e resolução 1366×768 pixels
  • GPU compatível com DirectX 12

Quem estiver dentro dos requisitos acima e ainda fizer parte do programa Windows Insider tem uma vantagem: acesso a uma edição prévia do sistema operacional a partir da próxima semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES