Início Tecnologia Nova técnica faz robôs detectarem toque humano analisando sombras

Nova técnica faz robôs detectarem toque humano analisando sombras

Cientistas americanos dizem que o novo método cria uma forma acessível para que os robôs identifiquem as interações físicas com humanos, sem a necessidade de uma infinidade de sensores caros

Robôs estão em constante evolução e hoje ainda um dos maiores desafios das máquinas é a interação com os seres humanos. Sim, a gente se dá bem, mas pode ser melhor. Com isso em mente, cientistas da Universidade de Cornell, em Nova York, nos Estados Unidos, descobriram uma nova forma de os robôs identificarem interações físicas analisando apenas as sombras das pessoas.

Como funciona a nova tecnologia

O sistema, apelidado ShadowSense, usa uma câmera simples para capturar as sombras produzidas por gestos manuais na superfície de um robô. Os algoritmos de inteligência artificial embarcados na máquina classificam os movimentos das sombras para identificar a intenção de interação específica do usuário.

Guy Hoffman, autor principal do estudo, afirma que o método cria uma maneira natural de interagir com robôs sem depender de uma infinidade de sensores e da captura de imagens em alta definição das pessoas.

“O toque é um modo de comunicação muito importante para a maioria dos organismos, mas tem estado virtualmente ausente da interação humano-robô. Uma das razões é que o toque de corpo inteiro costumava exigir um grande número de sensores e, portanto, não era prático de implementar. Esta pesquisa oferece uma alternativa de baixo custo”, explica Hoffman.

O robô e a sombra humana

Os pesquisadores americano testaram o sistema de identificação das sombras em um robô inflável com uma câmera embaixo da pele. Algoritmos de classificação foram treinados e testados com imagens de sombra de seis gestos: tocar com a palma da mão, dar um soco, tocar com as duas mãos, abraçar, apontar e não tocar.

O sistema ShadowSense identificou cada um dos gestos com uma precisão entre 87,5% e 96%, dependendo da iluminação.

Robô identifica toque humano pela sombra
O sistema foi mais preciso à luz do dia (96%), seguido pelo crepúsculo (93%) e à noite (87%) – Imagem: reprodução/
Hu et al

“Se o robô só pode ver você na forma de sua sombra, ele pode detectar o que você está fazendo sem tirar fotos de alta definição de sua aparência”, disse Hoffman. “Isso cria um filtro físico e proteção, e fornece conforto psicológico”. Sem contar a questão da privacidade…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES