Início Tecnologia Porsche entra na corrida espacial como rival da SpaceX e Blue Origin

Porsche entra na corrida espacial como rival da SpaceX e Blue Origin

Elon Musk, Jeff Bezos e companhia que se cuidem. Se eles acham que, Nasa à parte, estão dominando o espaço, eis que surge um novo rival nessa corrida; e um rival famoso não somente pelo luxo mas, principalmente, por velocidade e inovação: a Porsche.

Calma, não é que a Porsche vai começar a fabricar foguetes ou enviar seus carrões para espaço. Mas a montadora acaba de investir em uma startup alemã, a Isar Aerospace, segundo reporta o Financial Times.

A Porsche se junta a um grupo de novos investidores para injetar US$ 75 milhões na empresa – agora, com mais essa quantia, a rodada de financiamento total na startup alemã já chega a US$ 165 milhões.

Porsche entra na corrida espacial como rival da SpaceX e Blue Origin
Porsche aposta em acesso ao espaço como facilitador da inovação – Imagem: Gregorie Ceas / Unsplash

“O financiamento vai permitir que a Isar Aerospace invista ainda mais em sua infraestrutura de lançamento, teste e fabricação para sua produção de foguetes em grande parte automatizada e operações comerciais”, disseram os alemães em um comunicado.

Apesar de ainda dar os primeiros passos nessa corrida espacial, a ambição da Isar Aerospace é bater de frente com as gigantes SpaceX, de Elon Musk, e a Blue Origin, de Jeff Bezos. O trunfo da empresa alemã é oferecer o lançamento de satélites “relativamente” baratos.

Um foguete “patrocinado” pela Porsche

O Spectrum, o foguete da Isar Aerospace, está em desenvolvimento. O veículo espacial de dois estágios será construído especificamente para o lançamento de satélites e terá capacidade de carga de até 1.000 kg.

Porsche entra na corrida espacial como rival da SpaceX e Blue Origin
Spectrum, o foguete da startup alemã Isar Aerospace – Imagem: divulgação

Fundada em 2018, a startup alemã ainda não enviou qualquer satélite ao espaço, mas já recebeu US$ 180 milhões em financiamento desde o lançamento. Em maio, a Isar Aerospace se tornou a primeira empresa privada europeia a fechar um contrato com a Agência Espacial Européia (ESA), ao receber US$ 13 milhões do governo alemão para efetuar o lançamento de dois satélites.

O primeiro lançamento do Spectrum está previsto para o final de 2022.

Aposta no espaço

No mês passado, a SpaceX colocou 88 satélites em órbita em um único lançamento. A Virgin Galactic, de Richard Branson, também já enviou uma série de satélites ao espaço, inclusive alguns do Departamento de Defesa dos EUA.

Porsche entra na corrida espacial como rival da SpaceX e Blue Origin
Imagem: Starlink

A Isar Aerospace disse acreditar que o espaço se tornará uma plataforma tecnológica fundamental para muitas indústrias em todo o mundo — do setor automotivo ao de telecomunicações — trazendo avanços e novos recursos de conectividade, criptografia e armazenamento de dados.

Segundo a empresa alemã, o mercado de serviços de lançamento espacial deve aumentar para mais de € 30 bilhões até 2027; deste valor, quase um terço virá dos lançamentos de satélites em órbita.

“Estamos convencidos de que o acesso flexível e econômico ao espaço será um facilitador da inovação em muitos setores da indústria”, concluiu Lutz Meschke, executivo da Porsche responsável pela gestão de investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES