Início Tecnologia Inteligência artificial ameaça atores que fazem as “vozes” dos games

Inteligência artificial ameaça atores que fazem as “vozes” dos games

Mod de The Witcher 3 usou algoritmos de inteligência artificial para criar novas falas do personagem principal do jogo

Recentemente, um modder lançou uma atualização para The Witcher 3 que agradou bastante os fãs da série. Por outro lado, quem não gostou nada da modificação foram os humanos que emprestam suas vozes aos personagens dos videogames.

Segundo explica a Input Magazine, o modder (nikich340) fez algo inédito no jogo; treinou um algoritmo de inteligência artificial para fazer o personagem principal de The Witcher 3 cuspir novas linhas de diálogo. E, para isso, ele não precisou sequer consultar o ator Doug Cockle, que dá a voz original de Geralt na série.

…de partir o coração

O feito – apesar de seguir a linha de automação que cresce cada vez mais em diversos segmentos – incomodou os artistas, que agora veem suas posições ameaçadas pela tecnologia caso os estúdios decidam seguir os passos do modder.

De repente, para economizar uma grana no desenvolvimento de novos jogos, seria possível trocar o trabalho dos humanos por algoritmos avançados de inteligência artificial para criar as falas dos personagens.

“Se isso for verdade, é de partir o coração”, desabafou o ator de voz de videogame Jay Britton no Twitter. “Sim, a IA pode substituir coisas, mas deveria? Nós literalmente precisamos decidir. Substituir atores por IA não é apenas um campo minado legal, mas uma escolha totalmente sem alma. “Por que não remover toda a criatividade humana dos jogos e usar IA…”

Inteligência artificial ameaça atores que fazem as “vozes” dos videogames

Videogame: arte e “inteligência artificial”

A verdade é que alguns estúdios já usam inteligência artificial para trabalhar a voz dos personagens em alguns jogos. Mas o uso da tecnologia não substitui o trabalho do artista. Na Obsidian, por exemplo, algoritmos inteligentes são usados para simular o diálogo antes de um ator entrar em ação – segundo a Input, algo similar ao storyboard, que ajuda as tomadas visuais.

De qualquer forma, o mod de The Witcher 3 levantou uma nova discussão na indústria do videogame – resta saber se assim como em diversos outros setores, agentes humanos serão realmente substituídos pela máquina ou se a tecnologia servirá apenas como uma ferramenta para otimizar a produção e a colher melhores resultados. O problema é que o dinheiro (sempre) fala mais alto.

Fonte: Input Magazine

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES