Início Segurança Hackers roubam R$ 3 bi em criptomoedas e empresa pede: devolvam, por...

Hackers roubam R$ 3 bi em criptomoedas e empresa pede: devolvam, por favor

Roubo histórico de criptomoedas explorou falha em sistema de operadora, que tenta convencer os criminosos a se arrependerem

Embora assaltos a bancos sejam romantizados como aventuras incríveis na série de filmes “Onze Homens e Um Segredo” ou em games como GTA Online, a atividade é bastante perigosa no mundo real. Por isso, não é de se espantar que os criminosos estejam partindo para o digital, como os hackers que roubaram mais de R$ 3 bilhões em criptomoedas.

De acordo com a empresa de blockchain Poly Network, os invasores conseguiram explorar uma vulnerabilidade de seu sistema para ganhar acesso a milhares de tokens de moedas digitais dos usuários do site.

“Querido hacker, devolva as criptomoedas”

Como a Poly Network trabalha intermediando a troca entre diferentes redes de criptomoedas, os cibercriminosos se aproveitaram de uma falha na integração entre contratos do blockchain para interceptar os dados de acesso ao dinheiro virtual.

Ao todo, foram roubados cerca de US$ 267 milhões em Ether, US$ 252 milhões em Binance coins e “apenas” US$ 85 milhões em tokens USDC. A equipe da Binance se comprometeu a ajudar no que puder para solucionar o caso, mas lembrou que, na verdade, não há muito o que se fazer, uma vez que não há um controle centralizado sobre as criptomoedas.

Como a empresa afetada se posicionou em relação ao roubo histórico e milionário? Basicamente como uma criança que perdeu um brinquedo durante o recreio: pedindo para que as pessoas, por favor, devolvam o item. E só.

Em uma postagem no Twitter a Poly Network implorou: “Querido Hacker, queremos estabelecer comunicação com você e pedir que devolva os materiais roubados. […] O dinheiro que você roubou pertence a dezenas de milhares de membros da comunidade de cripto, ou seja, às pessoas. Você deveria falar com a gente para chegarmos a um acordo”.

Será que os invasores vão se sensibilizar?

Atualização: hackers arrependidos

Pouco depois da publicação desta notícia, os hackers deram indícios que se “arrependeram” da ação e estão prontos para devolver a grana roubada. Aparentemente, isso não se trata de ladrões com consciência do mal que causaram ou com aquele coração de manteiga: a ideia aqui foi evitar o famoso processinho e uma eventual prisão.

De acordo com informações do Engadget, especialistas em segurança conseguiram rastrear diversos dados dos bandidos, incluindo email, endereço IP e o serviço utilizado por eles para transferir as criptomoedas. Até agora, já foram devolvidos cerca de US$ 4,7 milhões (R$ 24,6 milhões) em tokens, e a expectativa é que o montante cresça até chegar a uma devolução completa. Quem diria.

Fonte: BBC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES