Início Smartphones Google Play Store oferece emuladores falsos de PS3 e PS4

Google Play Store oferece emuladores falsos de PS3 e PS4

Para resolver a questão, o Google anunciou uma série de medidas que prometem punir desenvolvedores que apresentam conteúdo enganoso na plataforma

Emular consoles no Android se tornou algo bastante comum, principalmente com a evolução dos smartphones. No entanto, por conta dessa popularização, muitos se aproveitam disso para lançar versões falsas dos aplicativos para enganar usuários.

Os golpes mais populares atualmente na Google Play Store são os que prometem emular jogos de PlayStation 3 e PlayStation 4 no Android. Porém, como era de se esperar, nenhum deles é real.

Até existe um emulador para jogos de PS3, chamado rpcs3. No entanto, ele só funciona no Windows e Linux. Não há nenhum port do software para Android.

O curioso é que alguns desses aplicativos falsos nem se esforçam para esconder que não são emuladores reais. Alguns utilizam a definição de “simulador”, que, quando instalado, apenas apresenta uma interface parecida com a do PS3, nada mais que isso.

Outros são ainda mais enganosos, já que, apesar de se rotularem como emuladores, apresentam um aviso após instalado que o aplicativo não é um software real, que serve apenas para “você brincar com seus amigos”.

No entanto, há um perigo em potencial nessa prática. Alguns cibercriminosos podem criar versões que contam com algum tipo de malware para infectar os aparelhos dos usuários. Apesar do Google provavelmente remover o software rapidamente, pode ser que o estrago seja feito em pouco tempo.

Práticas do Google para combater apps falsos

Para resolver essas e outras questões envolvendo aplicativos falsos, o Google anunciou medidas mais rígidas para combater práticas maliciosas na Play Store.

Como uma das regras, o Google afirma que, a partir da “segunda metade de 2021”, o nome dos aplicativos não poderão ter mais de 30 caracteres e nem ter as palavras “grátis” e “melhor”.

Além disso, não deve haver pontuações desnecessárias ou emojis. Também não é recomendado que os desenvolvedores usem números para indicar o desempenho ou classificação na Play Store.

O Google solicita que os desenvolvedores utilizem capturas de tela que representem com exatidão os recursos e a interface de um aplicativo.

Por fim, a empresa afirma que, se os criadores de apps que não cumprirem com as novas diretrizes, não aparecerão em promoções para chamar a atenção e nem serão recomendados na página inicial do serviço.

Via: Android Authority e Android Police

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES