Início Tecnologia Epic Games vs. Apple: batalha vai a reguladores antitruste na Europa

Epic Games vs. Apple: batalha vai a reguladores antitruste na Europa

Criadora de Fortnite não vê avanço no processo aberto nos Estados Unidos; Epic discorda da taxa de 30% cobrada dentro da App Store

A coisa está ficando (mais) séria nessa briga de gigantes. Em agosto do ano passado, a Epic Games travou uma batalha contra a Apple em um tribunal dos Estados Unidos em uma disputa sobre o sistema de pagamento e controle sobre download de aplicativos na App Store. Até hoje, nada aconteceu.

Agora, em uma nova tentativa, a desenvolvedora de Fortnite resolveu travar sua luta em outra arena; a Epic Games levou o assunto a reguladores antitruste da União Europeia.

O fato é que a Epic não está contente com a taxa de 30% que a Apple cobra em algumas compras no aplicativo. E para driblar isso, criou um sistema próprio de pagamento dentro do app.

Fortnite - Epic Games
Fonte: Epic Games

Fortnite fora da App Store

A Apple, claro, não gostou nada da ideia. Em resposta, tirou Fortnite da App Store.

Tim Sweeney, CEO da Epic Games, acusava o controle da Apple dentro da sua loja de aplicativos de “desequilibrar o jogo” da maneira que estava sendo feita. “A Epic não está pedindo a nenhum tribunal ou regulador para alterar esses 30%, apenas para restaurar a concorrência no iOS [o sistema operacional móvel da Apple]“, defendeu Sweeney.

Epic Games Store

A Apple respondeu que as regras são iguais para todos e que a Epic havia quebrado o combinado. “A Epic habilitou um recurso em seu aplicativo, que não foi revisado ou aprovado pela Apple, e o fez com a intenção expressa de violar as diretrizes da app store que se aplicam igualmente a todos os desenvolvedores e proteger seus clientes”, respondeu a empresa.

Na Europa…

A reclamação da Epic Games na União Europeia chamou a atenção do legislador do Parlamento Europeu, Rasmus Andresen. “Nós, como legisladores, precisamos garantir que essas plataformas que atuam como guardiãs do mercado digital respeitem um conjunto predefinido de regras para garantir uma concorrência justa e poderes de mercado equilibrados”, disse ele em comunicado.

A Comissão Europeia, que investiga o sistema de pagamento móvel Apple Pay e a App Store, confirmou o recebimento da reclamação. “Iremos avaliar com base em nossos procedimentos padrão”, disse uma porta-voz da Comissão.

A Epic Games também apresentou queixas ao Tribunal de Apelação da Competição do Reino Unido e Comissão Australiana de Concorrência e Consumidores

Todos vs. App Store

Gigantes da tecnologia como Microsoft, Spotify e Match Group – entre outras desenvolvedores que disponibilizam seus aplicativos na App Store – também discordam das taxas e regras da Apple.

Fonte: Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES