Início Tecnologia Elon Musk e mineradores de Bitcoin se reúnem para debater problema de...

Elon Musk e mineradores de Bitcoin se reúnem para debater problema de sustentabilidade da criptomoeda

Reunião serviu para que Elon Musk debatesse suas preocupações com o cenário das criptomoedas e seu impacto no meio ambiente

Na última segunda-feira (24), Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, tuitou que se reuniu com Elon Musk e “os principais mineradores de Bitcoin da América do Norte” para debater a criação de um Conselho de Mineração de Bitcoin.

A ideia é usar isso para “promover a transparência no uso de energia e acelerar as iniciativas de sustentabilidade em todo o mundo”.

Ao comentar sobre a reunião, Musk publicou que o grupo “se comprometeu a publicar o uso renovável atual e planejado”, além de pedir para que mineradores do mundo todo o fizessem.

Ainda segundo Saylor, o grupo é composto por empresas como Argo Blockchain, Blockcap, Core Scientific, Galaxy Digital, Hive Blockchain Technologies, Hut 8 Mining, Marathon Digital Holdings e Riot Blockchain.

E parece que as empresas ouviram o que foi debatido na reunião e começaram a se posicionar. A Argo Blockchain, por exemplo, usou seu CEO, Peter Wall, para revelar que “fará muito esforço pela mineração sustentável e mais transparência. Este é o caminho!”.

Apesar dos resultados da reunião, detalhes sobre como os mineradores vão lidar com as questões ambientais do Bitcoin não foram revelados.

Envolvimento de Elon Musk na busca da mineração sustentável

Em março, Elon Musk começou a aceitar o Bitcoin como forma de pagamento pelos veículos Tesla. No entanto, no início deste mês, ele desistiu da ideia ao expressar preocupação com o meio ambiente.

Após a decisão, ele tuitou: “A criptomoeda é uma boa ideia em muitos níveis e acreditamos que ela tem um futuro promissor, mas isso não pode custar muito para o meio ambiente”. Desde então, o empresário cita constantemente o problema de sustentabilidade do criptoativo.

A mineração de Bitcoins utiliza uma quantidade significativa de eletricidade. Isso vai contra o que a Tesla preza, que é “acelerar a transição do mundo para a energia sustentável”.

Via: The Verge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES