Início Dicas e Reviews Como saber se um site é seguro

Como saber se um site é seguro

Entender os elementos que indicam se um site é seguro é essencial para navegar com mais tranquilidade pela internet

Hoje em dia, navegar pela internet é uma das melhores formas de se entreter, tirar dúvidas, falar com os amigos, ler notícias e até mesmo fazer compras. A rede, no entanto, também traz sua dose de perigos e é preciso estar atento para saber se um site é seguro ou não.

Fique seguro

Para escapar de armadilhas ou golpes de pessoas mal-intencionadas quando estiver navegando pela internet é essencial estar atento a elementos que atestem a segurança ou veracidade de uma página na internet.

Confira abaixo as dicas que separamos para te ajudar a saber se um site é seguro:

Alertas do navegador

A primeira linha de frente para identificar sites seguros é o seu navegador. Ele é o programa utilizado para que você possa acessar a internet, como o Google Chrome, Mozilla Firefox ou Microsoft Edge. Geralmente eles emitem um alerta quando você tenta acessar um site enganoso, invadido ou considerado malicioso.

Nesses casos, o melhor a fazer é acreditar no aviso e escolher outra opção de página para acessar a informação buscada. Também é importante manter seu navegador atualizado para que ele possa estar em dia com as definições de segurança.

Atenção ao endereço

O URL, que é o nome técnico do endereço dos sites, é uma forma bem simples de saber se um site é seguro. Se ele for propositalmente similar a uma marca ou empresa conhecida, como “www.adibas.com.br” no lugar de “www.adidas.com.br”, esse já é um indício forte de que o autor da página quer enganar os visitantes.

É possível conferir o URL de um site antes mesmo de entrar nele. Ao passar o mouse em cima do link que aparece no Google ou em outra página, uma barra na parte de baixo do seu navegador surge indicando o endereço real que você será levado depois de clicar.

Informações de segurança

A barra de endereço do navegador, na qual você digita o site que está buscando, também oferece informações importantes de segurança. Uma delas é a sigla HTTPS antes do URL da página, um indicador de que o site utiliza uma versão segura do protocolo de internet e protege adequadamente seus dados de acesso.

Na maior parte dos navegadores, páginas com o HTTPS habilitados aparecem com um ícone de cadeado. Ao ser clicado, o item exibe informações a respeito do certificado de segurança do site, além de dizer se é seguro ou não compartilhar seus dados ali.

Redirecionamento e spams

Sites que ao serem acessado te enviam para outra página ou abrem automaticamente outra janela podem ser bastante perigosos. A mesma coisa vale para endereços que, ao serem carregados, enchem a sua tela com caixas e outros elementos que dificultam a navegação e tentam te levar a clicar em alguma coisa.

Confira sempre se esse é o site verdadeiro que você queria acessar – observando o endereço ou os links oferecidos – e busque outra opção de site se for possível. Afinal, mesmo se a página for idônea, ela pode ter sido invadida para fins maliciosos.

Ferramentas de checagem

Nossa última dica é utilizar ferramentas confiáveis de terceiros para saber se um site é seguro ou não. Se você já utilizou todos os passos acima, mas ainda está desconfiado, basta fazer a checagem deles em portais como o de Navegação Segura do Google ou do VirusTotal.

É só acessar qualquer um deles pelos links acima, colar o endereço do site que você gostaria de checar e esperar pelo resultado. Se estiver tudo limpo, você está livre para utilizar a página sem maiores preocupações. Caso contrário, melhor deixar para lá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES