Início Segurança Acer: ataque ransomware pede US$ 50 milhões em resgate

Acer: ataque ransomware pede US$ 50 milhões em resgate

Grupo REvil assume autoria do ataque à Acer e ameaça vazar os dados obtidos caso a empresa não pague o resgate até o dia 28 de março

Os ataques de ransomware ganharam força no último ano – quando os cibercriminosos “sequestram” os dados ou acessos de uma empresa e, em troca, exigem resgate em dinheiro. A última vítima de ransomware é a Acer; um grupo de hackers está pedindo US$ 50 milhões, segundo a Bleeping Computer. O valor configura uma das maiores demandas desse tipo de ataque até hoje.

Hackers cobram resgate da Acer
Pedido de pagamento exigido pelos hackers – Imagem: reprodução/Bleeping Computer

Os invasores, ainda de acordo com a Bleeping, teriam conseguido acesso à rede da Acer através de uma vulnerabilidade do Microsoft Exchange.

O grupo “REvil” assumiu a autoria do ataque – aliás, é o mesmo pessoal que fez um ataque de ransomware à Travelex no ano passado. Agora, eles deram até o dia 28 de março para a Acer pagar o resgate sob a ameaça de vazar os dados roubados da empresa de Taiwan.

resgate Acer
Grupo hacker ameaça vazar os dados da empresa se o resgate não for pago até o dia 28 de março – Imagem: reprodução/Bleeping Computer

O que diz a Acer

A Acer ainda não confirmou o ataque oficialmente. Mas um porta-voz da fabricante disse ao The Verge que a empresa defende a maioria das tentativas de ataques cibernéticos.

“Empresas como nós estão constantemente sob ataque, e relatamos situações anormais recentes observadas às autoridades policiais e de proteção de dados em vários países. ”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES