Início Tecnologia Para recordar: 40 anos do primeiro computador pessoal da IBM

Para recordar: 40 anos do primeiro computador pessoal da IBM

Apesar de suas limitações, IBM 5150 generalizou o uso doméstico de PCs ao trazer preços acessíveis e configurações razoáveis para a época

Se os PCs hoje são algo comum na vida de parte da população global, muito se deve aos avanços feitos lá atrás. Talvez muitos não saibam, mas nesta quinta-feira (12) é comemorado o 40º aniversário do primeiro computador pessoal da IBM: o IBM 5150, que viria a revolucionar a história da informática.

O IBM 5150 não chegou a ser o primeiro computador criado. Na década de 70, já haviam algumas máquinas nas prateleiras e a própria desenvolvedora do modelo chegou a criar alguns protótipos mainframes e outros minicomputadores anteriormente, como o SCAMP ou o IBM 5100 Portable Computer, por exemplo.

Mas, bem, foi com a chegada do 5150 que, de fato, houve a generalização do uso de PCs. Isso porque o modelo, diferentemente de seus antecessores, não era voltado exclusivamente para escritórios e empresas, além de apresentar um preço relativamente acessível.

Saindo do papel

O lançamento do IBM 5150 ocorreu no dia 12 de agosto de 1981, mas sua história, na verdade, começou um ano antes. Bill Lowe, diretor do laboratório de uma das instalações da big tech, criou uma força-tarefa para desenvolver o primeiro PC da IBM.

A ideia não foi tão bem recebida. Tanto que um analista disse que o projeto seria comparável a “ensinar um elefante a sapatear”. Apesar de tudo, a proposta foi aceita, mas levaria um ano para que a gigante conseguisse produzir sua primeira máquina pessoal.

Logo da IBM
Apesar dos riscos, IBM resolveu apostar no projeto de seu primeiro PC pessoal. Foto: Carson Masterson/Unsplash

Lowe então reuniu uma equipe de doze pessoas, entre elas, diretores interinos, gerentes e desenvolvedores da empresa.

“Durante um mês, nos reunimos todas as manhãs para discutir o que essa máquina tinha que fazer e, à tarde, trabalhamos nas decisões da manhã. Começamos a construir um protótipo para levar [no fim do ano] para a então empresa pouco conhecida chamada Microsoft“, revelou Dave Bradley, que escreveu o código da interface para o novo produto.

Para cumprir o prazo “apertado” a equipe de desenvolvimento do IBM 5150 quebrou todas as regras: procuraram fornecedores externos, recorreram a desenvolvedores de fora para o sistema operacional e softwares e atuaram como uma unidade de negócios independente.

Prazer, IBM 5150

No fim das contas, o esforço valeu a pena. Eles conseguiram produzir uma máquina que permitia conexões com TVs domésticas, jogatinas e processamentos de textos. Sobre as configurações? A máquina era equipada com o sistema operacional MS-DOS da Microsoft, e processadores 8088.

Imagens do primeiro computador pessoal da IBM
Primeiro computador pessoal da IBM chamou a atenção do mercado. Divulgação: IBM

A velocidade de leitura do IBM 5150 era bem superior às outras máquinas disponíveis no mercado, operando em milionésimos de segundos. A máquina contava ainda com 83 teclas, uma impressora e um monitor colorido com 16 cores.

Todas essas características por um valor de US$ 1.565 — na época, os computadores chegavam a até US$ 9 milhões, exigindo também equipes de 60 pessoas para operar a máquina.

Foi um sucesso. Logo após sua estreia em 1981, no salão de baile Waldorf Astoria, em Nova York, clientes fizeram fila para adquirir o PC.

Daí pra frente, a IBM tornou-se uma das maiores big techs do mercado, tanto na área de produção de computadores e notebooks, quanto em serviços em nuvem, big data e inteligência artificial. Já os PCs, desenvolveram-se ano após ano, até chegar nos patamares — completamente diferentes, é verdade — dos dias de hoje.

Fonte: IBM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES