Início Softwares Zoom vai pagar US$ 85 milhões a usuários enganados sobre criptografia

Zoom vai pagar US$ 85 milhões a usuários enganados sobre criptografia

Em acordo feito nos EUA, Zoom vai pagar entre 15 e 25 dólares para cada usuário da plataforma no país

As acusações contra a plataforma Zoom envolvem mentir sobre a descrição da criptografia, além de fornecer dados dos seus usuários ao Facebook e Google sem autorização. Agora, como parte de um acordo de ação coletiva, a empresa vai pagar o total de US$ 85 milhões aos usuários do serviço de videoconferência.

Nos Estados Unidos, o acordo proposto em um tribunal da California prevê o pagamento entre 15 e 25 dólares a cada usuário do Zoom no país. O valor varia conforme o plano usado por cada um – pago ou gratuito – entre 30 de março de 2016 e 30 de julho de 2021.

Zoom vai pagar US$ 85 milhões a usuários enganados sobre criptografia
Imagem: Shutterstock

Além dos pagamentos, o Zoom também concordou algumas mudanças importantes em suas práticas, “destinadas a melhorar a segurança das reuniões, reforçar as divulgações de privacidade e proteger os dados do usuário”.

Em abril de 2020, uma investigação do The Intercept revelou que a criptografia usada pela plataforma não era a mesma “anunciada” a seus usuários. O Zoom estava protegendo chamadas de vídeo usando criptografia TLS, diferente da criptografia ponta a ponta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES