Início Softwares WhatsApp manda lembrete para usuários não serem bloqueados

WhatsApp manda lembrete para usuários não serem bloqueados

Através de um aviso ao abrir o app, WhatsApp lembra que usuários que não aceitarem as mudanças na política de privacidade serão bloqueados

Desde que anunciou mudanças na sua política de privacidade, o WhatsApp tem incomodado alguns usuários, que até começaram a migrar para outros mensageiros como o Telegram ou o Signal. Já nesta semana, o aplicativo passou a mostrar um lembrete de que os usuários que não aceitarem os novos termos serão bloqueados da plataforma.

A informação vem de diversos usuários do Twitter, como no caso de Bhavishay Chawla, que recebeu o lembrete assim que o programa foi aberto com uma pequena notificação em sua parte superior. Como é possível ver na imagem abaixo, além de explicar as mudanças, o WhatsApp continua dando o prazo para que os novos termos sejam aceitos até o dia 15 de maio de 2021.

Lembrete do WhatsApp com novos termos da política de privacidade
Reprodução: Bhavishay Chawla/https://twitter.com/bhavishay97

Já quem não aceitar os novos termos da plataforma não terá a sua conta apagada, entretanto, não poderá enviar ou receber qualquer mensagem nova. Para acalmar um pouco os usuários em relação às mudanças, ainda no aviso, o WhatsApp afirma que nunca terá acesso ao conteúdo de suas conversas ao contar com uma criptografia de ponta a ponta.

WhatsApp trabalha em outros recursos

Além de implementar mudanças na sua política de privacidade, o WhatsApp também trabalha em outros recursos. Nesta semana foi revelado que o aplicativo receberá em breve uma função para autodestruir mensagens em até 24 horas. Já na semana passada foi revelado que o mensageiro também deve ganhar um recurso similar para autodestruir fotos.

Por enquanto, no Brasil, ainda não houve relatos do lembrete aparecendo no WhatsApp com o aviso de um possível bloqueio dos usuários. Entretanto, ainda no começo do ano, o mensageiro avisou aos usuários de nosso país sobre os novos termos, que também devem entrar em vigor por aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES