Início Dicas e Reviews O que esperar da Samsung Q900A, uma smart TV de R$ 90.000

O que esperar da Samsung Q900A, uma smart TV de R$ 90.000

O blog do KaBuM! teve a chance de testar a Neo Qled Samsung Q900A e conta quais foram as primeiras impressões do produto. Confira!

A Samsung tem bastante tradição no segmento de smart TVs e traz sempre novas tecnologias para aprimorar a qualidade da imagem. Nesta quinta-feira (6), a sul-coreana apresentou sua nova linha de TVs para 2021 dando bastante destaque para a sua série premium, que conta com telas Neo Qled.

A convite da empresa, o blog do KaBuM! teve a chance de testar a Samsung Q900A de 85 polegadas, a smart TV 8K topo de linha da marca, que chega ao Brasil por R$ 90.999. A seguir, confira nossas primeiras impressões!

Design, controle remoto e acabamento

No local em que tivemos acesso a Samsung Q900A, a mesma estava presa a um suporte na parede e não foi possível ver o produto mais premium montado por completo (com a base). Entretanto, vendo os outros modelos que também foram revelados, a Samsung mostra que continua a apostar em uma base pequena, que não deve ocupar tanto espaço nos móveis, uma decisão acertada.

Samsung Q900A

Já uma novidade interessante fica pela Samsung ter optado pela OneConnect Box em sua linha premium. Assim, as conexões de vídeo como entradas HDMI ficam em um dispositivo separado conectado por um cabo, o que é algo muito útil para quem pretende esconder os outros fios e deixar a TV presa na parede ou em um rack.

Outra parte que agrada na Samsung Q900A fica por sua espessura mínima. Aqui, ao comparar o novo modelo com produtos de séries anteriores, a empresa realmente conseguiu deixar uma tela que já era fina ainda mais fina.

Samsung Q900A - Espessura

No controle remoto, à primeira vista, a Samsung manteve o padrão que já segue há algum tempo apenas com os botões necessários para uma navegação rápida e funcional. A novidade mesmo fica por conta do mesmo não precisar mais de pilhas para funcionar, podendo ser recarregado por energia solar ou luz interna ao ficar com os botões virados para baixo quando não está em uso. Quem preferir, também poderá carregá-lo através de uma entrada USB-C.

Qualidade da imagem da Samsung Q900A

Quando estamos diante de uma nova tecnologia para os displays, a grande esperança fica para a evolução da imagem e, neste quesito, a Samsung não decepcionou. Para o nosso teste rápido durante a visita, nós tivemos a chance de testar conteúdos 4K, 8K e via streaming principalmente para ver o sistema de upscale em ação.

O grande destaque da Samsung Q900A fica pela sua tela Neo Qled, que na prática substitui 1 LED convencional por 40 Mini Leds. Com isso, a marca afirma que o consegue oferecer um preto mais real e brilho perfeito. A Samsung ainda dá uma garantia de 10 anos contra burn-in, uma preocupação recorrente dos consumidores.

Já nos testes realizados por lá, em comparação com a linha Qled 8K que tive a chance de testar no ano passado, realmente é possível notar um salto em relação a qualidade da imagem. Na questão da intensidade do preto eu pude perceber uma boa diferença, enquanto no brilho a minha percepção foi mais sutil.

Qualidade da imagem - Samsung Q900A

Em alguns momentos, devo frisar, até cheguei a ver um pouco de reflexo na tela, mas isso pode ser algo do ambiente em que estava e não havia tempo suficiente para testar muitas configurações diferentes.

O que realmente me impressionou, como esperado, foi que, por ter mais Leds, na verdade Mini Leds, o nível de detalhes mesmo de perto ficou ainda mais nítido do que foi visto nos modelos anteriores, principalmente nos conteúdos em 8K.

As cores da Samsung Q900A se mostraram mais vivas em relação ao que eu vi na linha Qled 2020 e se apresentavam bem vivas. Inclusive, o sistema da TV da Samsung até facilitou o controle de intensidade das mesmas.

Cores vivas - Samsung Q900A

Nos conteúdos reproduzidos em 4K, o upscale da Samsung com o processador Neo Quantum 8K também foi bem competente e pequenos ruídos só ficaram nítidos em certos elementos que não o em foco ao chegar bem perto da TV, o que não refletiria o uso normal do produto. Nos conteúdos via streaming, a qualidade ainda oscilava um pouco mais, mas tudo dentro do esperado e com uma boa imagem.

Já um dos pontos que mais me impressionou na TV foram as suas bordas realmente mínimas, que possuem apenas 1,5 centímetros de espessura e que contribuíram bastante para a imersão. Na imagem abaixo, vale notar, as bordas podem aparecer um pouco maiores do que realmente são ao vivo.

Bordas mínimas - Samsung Q900A

O som também está melhor

Além das novidades vistas na imagem, a Samsung Q900A vem com o chamado “Som em Movimento Pro”, que promete uma maior imersão para o conteúdo sendo reproduzido. Inclusive, os alto-falantes mudaram de posição e são espalhados pelo painel.

Os mesmo contam com canais 6.2.2 e 80 W RMS de potência. Em nosso pequeno teste, foi realmente possível notar que a Samsung Q900A dá um salto em relação a potência do som quando comparada aos modelos anteriores da marca de smart TVs 8k.

Infelizmente, devido ao curto tempo, não foi possível testar diferentes conteúdos para verificar a que nível a imersão pode chegar.

De forma geral, o volume da Samsung Q900A é bem alto e o som não sai com nenhuma distorção, mas, pessoalmente, gostaria que graves estivessem um pouco mais presentes. O som realmente mostra que evoluiu, mas ainda continua atrás em qualidade quando comparado a soundbars de boa qualidade como as da própria marca.

Inclusive, vale notar, a Samsung traz o recurso “Sincronia Sonora” neste modelo para unir a potência dos alto falantes da TV com uma SoundBar Samsung sem apresentar erros de sincronia.

Conclusão

O blog do KaBuM! pôde passar pouco tempo com a Samsung Q900A, mas uma evolução em comparação a linha Qled 8K do ano passado é notável. Assim como a Samsung prometeu, os mini Leds presentes na linha Neo Qled realmente fazem a diferença na imagem, oferecendo cores vivas e níveis de preto mais verdadeiros.

Apesar de ainda existirem poucos conteúdos em 8K, o upscale da televisão funciona muito bem e não deixa os usuários perderem muita qualidade na hora de reproduzir um conteúdo com resolução inferior. Na parte do som, a evolução também pode ser vista com bastante facilidade, apesar de ser um pouco mais discreta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES