Início Hardware Placa Nvidia RTX 3060 LHR com limitador de criptomineração passa por testes...

Placa Nvidia RTX 3060 LHR com limitador de criptomineração passa por testes de desempenho

Resultados da placa da Nvidia indicam que não há diferença no desempenho para jogos, mas a taxa hash inicia abaixo do normal

A RTX 3060 foi a primeira placa gráfica a implementar um limitador de hash por software para impedir a criptomineração. A Nvidia decidiu fazer isso para combater a utilização de equipamentos com desempenho relativamente baixo para a mineração.

No entanto, a empresa teve de lançar uma versão revisada já com o limitador porque compartilhou por engano um driver que desbloqueava o limite – isso tornou os esforços infrutíferos. A nova GPU, identificada como GA106-302, conta com um novo PCI Devide ID, que torna impossível rodar com drivers antigos.

E não foi só a RTX 3060 que recebeu versões com a tecnologia LHR (Lite Hash Rate). A Nvidia trará novas versões das placas RTS 3080 Ti, 3070 Ti, 3070, 3060 Ti e RTX 3060. Apesar a RTX 3090 não receberá alteração, já que há pouco interesse dos mineradores neste modelo devido ao preço elevado.

Em testes realizados pelo site Expreview em uma placa Zotac RTX 3060 LHR Apocalypse GOC, resultados mostraram que, quando se trata de mineração, há uma pequena mudança. A mineração com o hardware começou imediatamente com uma taxa de hash reduzida, ao contrário da variante padrão, que a taxa é diminuída com o tempo.

Apesar desses apontamentos, não há nenhuma penalidade no desempenho de jogos nas placas Nvidia. Por conta disso, não há porque os consumidores evitarem a série LHR – a não ser que houvessem planos para usar suas placas para mineração. Com as novas variantes, porém, não será fácil e nem lucrativo.

Via: VideoCardz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES