Início Hardware Mineração de Chia pode causar escassez de HDs e SSDs

Mineração de Chia pode causar escassez de HDs e SSDs

Fabricantes já começam a ver o estoque de unidades de armazenamento diminuir por conta dos mineradores que começaram a apostar na Chia

Após um tempo de preparação, a moeda Chia começou oficialmente a ser negociada. As primeiras projeções indicavam que o preço inicial da criptomoeda era estimado em US$ 20. No entanto, o valor inicial de negociação foi de quase US$ 1.600. Porém, sua implementação pode ocasionar um movimento diferenciado no mercado de hardware.

Isso porque, ao contrário de outras moedas (como Bitcoin, Litecoin e Dogecoin), que usam placa de vídeo para mineração, a Chia vai utilizar capacidade de armazenamento de HDs ou SSDs. Por conta disso, o mercado de alguns países, como é o caso da China, já começou a perceber que uma escassez desses componentes pode ocorrer.

De acordo com informações do site HKEPC, mineradores já começaram a comprar HDDs de 4TB e 18TB em grande quantidade. É esperado que essa demanda faça com que, além da falta de componentes, o preço dos que ainda estão à venda pode aumentar significativamente.

Uma fabricante chinesa, inclusive, declarou que tem planos para restringir que mineradores comprem esses componentes em grande quantidade. Futuramente, no entanto, eles planejam aumentar sua produção para atender a demanda do mercado.

SSD
Foto: manseok Kim/Pixabay

De volta ao lançamento. Apenas algumas bolsas de criptomoeda começaram a negociar a Chia. No entanto, ao que parece, muitos estão apostando alto nessa criptomoeda que possui uma abordagem diferente, que pode facilitar a mineração e ajudar na economia de energia, já que não exige uma placa de vídeo trabalhando continuamente.

Inclusive, o que se recomenda por enquanto é que, para cultivar a Chia, os mineradores configurem lotes de armazenamento usando um PC de última geração e, em seguida, conecte os equipamentos a um Raspberry Pi para continuar o trabalho com baixo consumo.

Com isso, estima-se que seja possível executar cerca de 50 HDDs de 10 TB utilizando a mesma quantidade de energia que uma única RTX 3080 minerando Ethereum.

Por conta disso, é de se esperar que com já citado, o preço de unidades de armazenamento pode disparar – algo semelhante com o que aconteceu com as GPUs, que estão em falta em muitos mercados.

Via: Toms Hardware

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES