Início Tecnologia Microsoft afirma que trocará roteadores no Brasil para impedir ação de malware

Microsoft afirma que trocará roteadores no Brasil para impedir ação de malware

Trocar equipamentos para impedir a disseminação de malware é uma estratégia que pode ser eficaz, por conta disso, essa pode ser uma decisão acertada da Microsoft

A Microsoft revelou que vai começar a substituir roteadores comprometidos pelo malware Trickbot. O processo está sendo feito na América Latina, incluindo o Brasil. A ideia é tentar mitigar os ataques feitos por um grupo internacional de hackers que utiliza o mesmo nome da ameaça que controla.

Os cibercriminosos utilizam seu malware para controlar remotamente os computadores das vítimas. Por conta disso, o grupo é uma constante ameaça online – e é um alvo constante do US Cyber Command, bem como de empresas como a Microsoft.

Com base na Rússia, Bielo-Rússia, Ucrânia e Suriname, o grupo também consegue sequestrar roteadores e dispositivos de internet das coisas que costumam ser comuns de serem infectados sem que os proprietários percebam.

Lançar correções para esse tipo de ameaça é uma tarefa particularmente difícil. Por conta disso, a substituição dos equipamentos pode ser uma tática bastante eficaz.

Microsoft em ação para impedir o malware

Em outras tentativas de impedir as ações do grupo, por exemplo, o Departamento de Justiça dos EUA acusou uma mulher de supostamente ajudar a desenvolver o malware usado pelo grupo. Em um segundo caso, a Microsoft afirma que, em 2020, cortou 94% da infraestrutura do grupo com o objetivo de evitar quaisquer ataques às eleições dos EUA.

No entanto, Amy Hogan-Burney, gerente geral da Unidade de Crimes Digitais da Microsoft, disse que o Trickbot é um “desafio contínuo”. É por isso que a substituição de roteador foi cogitada. Ao que parece, o processo será feito em parceria com provedores de serviços de internet locais.

Autoridades afirmam que o Trickbot é responsável por diversos ataques a hospitais, escolas e governos, roubando informações de login e bloqueando sistemas inteiros para exigir pagamentos. A operação de substituição é apenas uma das tentativas de parar o malware.

Via: The Verge

5 COMENTÁRIOS

  1. Muito estranho oTio Bill se preocupar com os computadores dia outros. Isso tá com cara de espionagem nos usuários por ou uma censura embutida bloqueando o que eles não querem que você veja. Meu roteador vai ficar onde está.

  2. A vivo trocou meu modem roteador (que já era novo) com a desculpa de oferecer uma nova tecnologia (mas não mudou nada) e como eu não queria ficar amarrada com nova fidelidade não aceitei até que ofereceram pela metade do preço que eu pagava para trocar…! Mas se realmente é por causa do ransoware, eu uso o aparelho da vivo só como modem/bridge… O roteador continua sendo o meu asus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES