Início For Gamers Microsoft gostaria de ter Steam e Epic em loja do Windows 11

Microsoft gostaria de ter Steam e Epic em loja do Windows 11

Executivo da Microsoft afirma que o catálogo das duas empresas seria mais do que bem-vindo à plataforma; taxas podem impedir o negócio

Há tempos a Microsoft tem assumido uma postura mais aberta em relação a serviços e integrações de concorrentes, algo que ficou ainda mais claro com a nova edição de sua Microsoft Store, anunciada para o vindouro Windows 11.

A lojinha de apps da empresa vai contar com suporte a aplicativos de Android, via Amazon App Store, e, se depender da MS, pode receber a imensa biblioteca de jogos da Steam – a principal plataforma de games para PCs no mundo – e Epic Games.

Nova Microsoft Store

Em entrevista ao The Verge, Pano Panay, diretor de produtos da Microsoft, explicou que a companhia já abriga muitas lojas de terceiros dentro de sua Store e que as duas concorrentes seriam mais do que bem-vindas.

“Quero muito [que as pessoas tenham] essa experiência em que você vai à loja, digita um nome e obtém o aplicativo que quiser”, comenta o executivo, mostrando que a empresa quer se tornar um verdadeiro hub para os consumidores.

Apesar disso, convencer Valve e Epic a participarem da brincadeira pode não ser tão fácil. Isso porque apesar de a Microsoft ter prometido repassar 100% da receita vinda dos apps para seus desenvolvedores, a nova política não é válida para os games.

Os jogos comprados via Microsoft Store ainda precisam pagar 12% de seu valor para a empresa de Redmond – um pagamento que era de 30% até não muito tempo atrás. A taxa adicional pode não agradar os chefões das concorrentes, é claro, e atrapalhar uma possível parceria.

Fonte: The Verge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES