Início Tecnologia iPhone vai prever quando a bateria do telefone vai acabar

iPhone vai prever quando a bateria do telefone vai acabar

Novo sistema patenteado pela Apple vai identificar o comportamento do usuário e até sua localização para avisar quando a bateria do iPhone deve acabar

A Apple patenteou um novo sistema que promete alertar os usuários de iPhone quando a bateria do dispositivo estiver se esgotando e até prever quanto tempo ela ainda vai durar. O pedido de patente registrada no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos foi concedida no início desta semana.

A tecnologia foi classificada pela Apple como um “conselho inteligente para cobrar notificação“. Ou seja, em vez de ajudar o usuário a economizar a bateria como a maioria dos outros recursos do iOS, o novo sistema é construído exclusivamente para permitir que os usuários saibam, por exemplo, se a bateria de seus iPhones vai durar até o fim do dia – e essa informação seria baseada no uso recente do smartphone.

Hoje, o iPhone apenas informa quando a bateria está fraca; quando resta apenas 20% da carga. Um segundo alerta é emitido quando a bateria chega aos 10%.

iPhone bateria

Uso recente e localização do iPhone

O novo sistema patenteado pela Apple seria ainda mais útil, permitindo ao usuário fazer algo a respeito: colocar o telefone de volta na tomada ou controlar seu uso para garantir energia por mais tempo.

A Apple explica que na maioria das vezes, um simples alerta de que a carda da bateria está próxima do fim não ajuda muito ou sequer dá tempo de o usuário tomar uma ação para resolver o problema.

“Por exemplo, se um usuário normalmente carrega seu smartphone à noite, mas esquece de fazê-lo em uma ocasião, receber uma indicação de ‘bateria fraca’ antes de sair para o trabalho no dia seguinte não dá ao usuário tempo para carregar seu telefone antes trabalhos”, explica a empresa.

A nova tecnologia será capaz de identificar o comportamento do usuário em diferentes dias da semana para ajustar os alertas de bateria para cada dia. Mais do que isso, o sistema também vai usar a localização do usuário para saber se ele está perto ou longe de onde costuma carregar o aparelho.

A empresa afirma que os dados vão ser processados ​​e armazenados localmente para preservar a privacidade do usuário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES