Início Smartphones Versão Pro do iPhone 14 pode ter chassi de titânio

Versão Pro do iPhone 14 pode ter chassi de titânio

Segundo relatório da JP Morgan Chase, Apple vai substituir aço inoxidável e alumínio nos chassis do futuro iPhone por liga de titânio

Com lançamento já esperado para o ano que vem, o iPhone 14 tem sido alvo de diversos rumores. O mais recente deles, segundo um relatório para novos investidores da JP Morgan Chase, aponta que a versão Pro do futuro dispositivo da Apple vai apresentar um chassi de liga de titânio, que será produzido exclusivamente pela Foxconn.

Se o projeto seguir à risca as informações reveladas no documento, será a primeira vez que a gigante da maçã vai adotar o titânio em um iPhone — o material já é usado em modelos do Apple Watch Series 6 e no Apple Card —, substituindo os atuais cases feitos em alumínio e aço inoxidável.

Mudanças estruturais

O relatório indica a adoção do metal como uma das maiores mudanças no design do chassi do dispositivo. No entanto, existem alguns pontos dessa mudança que precisam ser analisados.

Em comparação com o aço inoxidável, o titânio também apresenta alta resistência contra arranhões e torções, mas é 45% mais leve. Ele também é duas vezes mais sólido do que o alumínio — apesar de ser 60% mais pesado — e mais resistente à corrosão quando comparado com outras ligas de metal.

Ilustração de vários modelos de iPhone
Chassis de titânio deverão ser mais resistentes do que os atuais cases da Apple. Foto: Ameen ALmayuf/Unsplash

Mas isso tem seu preço: sua alta resistência contra corrosão pode tornar o titânio menos atraente para os consumidores. Além disso, o material permite que marcas de impressões digitais possam ficar aparentes no iPhone 14, o que também deve desagradar o público.

A boa notícia é que a Apple tem corrido para resolver isso. Pedidos de patentes indicam que a big tech tem estudado o uso de revestimentos de óxido fino para superfícies de metal, o que poderia solucionar o problema com as marcas de uso.

A gigante também descreveu processos de jateamento, gravuras e processos químicos que tornariam os chassis do iPhone 14 mais brilhantes e atraentes.

Outras novidades do iPhone 14

Ainda segundo o relatório, a Apple considera 2022 como um “superciclo” do iPhone, período em que muitos usuários vão atualizar seus dispositivos. Por conta disso, o aparelho do ano que vem trará muito mais mudanças do que as previstas para o iPhone 13.

O documento também aponta que o iPhone 14 não deverá ter uma versão “mini” de 5,4 polegadas. De acordo com o analista Ming-Chi Kuo, a Apple vai oferecer aparelhos de 6,1 e 6,7 polegadas, tanto para a versão normal quanto para a Pro.

O relatório menciona ainda o retorno do Touch ID para o iPhone. Caso o recurso não apareça na próxima versão 13, é possível que esteja na versão do ano que vem, provavelmente implementado nos botões laterais ou na forma de um sensor de impressão digital no display.

Por enquanto, a confirmação de tudo isso só virá com o tempo — ou com novos vazamentos.

Fonte: MacRumors

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES