Início Smartphones iPhone 11 Pro com defeito de fabricação é vendido por R$ 15.000

iPhone 11 Pro com defeito de fabricação é vendido por R$ 15.000

Por conta da "maçã" não estar centralizada em seu corpo, iPhone 11 Pro é vendido praticamente pelo dobro do preço

Ao procurar um celular usado para comprar, muitas pessoas ficam preocupadas em saber se o aparelho virá em boas condições e sem problemas. Já o que chamou a atenção na internet recentemente foi o anúncio da venda de um iPhone com um defeito de fabricação por um preço bem alto.

De acordo com uma publicação feita no Twitter, um iPhone 11 Pro foi vendido por aproximadamente US$ 2.700 (aproximadamente R$ 15.000 em uma conversão direta). O seu defeito fica por conta do logo da maçã estar levemente desalinhado, assim como mostra a imagem abaixo.

A parte curiosa da história fica em imaginar como esse aparelho chegou ao público, uma vez que a Apple, assim como outras empresas, mantém um controle de qualidade rigoroso para evitar que aparelhos defeituosos cheguem nas mãos de seus consumidores. O tuíte feito pelo Internal Archive ainda menciona que erros assim ocorrem uma vez a cada cem milhões e isto torna este exemplar bem raro.

iPhone 11 Pro com defeito custou quase o dobro para o comprador

Apesar da postagem ter sido realizada no fim da semana passada, o Internal Archive não divulgou em qual plataforma, data ou até mesmo em que país a venda foi realizada. Mas, apenas como base para comparação, o iPhone 11 Pro foi lançado com o preço sugerido de US$ 999 (aproximadamente R$ 5.600 em uma conversão direta) em setembro de 2019.

Mesmo não sendo o modelo mais recente de smartphone da Apple, no Brasil, o iPhone 11 Pro também pode ser encontrado quase pela metade do preço em comparação ao modelo defeituoso que foi vendido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES