Início E-Sports FBI investiga manipulação de resultados em campeonatos de Counter Strike: Global Offensive

FBI investiga manipulação de resultados em campeonatos de Counter Strike: Global Offensive

FBI investiga caso de manipulação de resultados em campeonato profissional de Counter Strie: Global Offensive nos Estados Unidos

O cenário dos esports está cada vez maior e grandes organizações investem em diferentes modalidades. Já nos Estados Unidos, o FBI está investigando um caso de manipulação de resultados envolvendo equipes profissionais de Counter Strike: Global Offensive.

Em uma entrevista com o YouTuber Slash32, Ian Smith, responsável pela Esports Integrity Comission (ESIC), afirmou ter visto algumas equipes praticarem o chamado “match fixing”. Assim, as equipes poderiam jogar mal algumas partidas propositalmente para beneficiar certos apostadores, que estariam subornando times ou determinados jogadores.

Ainda de acordo com Ian Smith, poucos casos teriam realmente afetado o cenário do Counter Strike nos Estados Unidos, mas o trabalho de investigação está sendo feito em conjunto com o FBI, que não tem muita experiência no assunto, uma vez que as apostas em esports é algo novo para eles.

Resultado da investigação de esquema em Counter Strike deve sair em breve

Apesar do match mixing ser uma novidade nos Estados Unidos, outros países já baniram jogadores por tal prática. Ainda no começo do ano, na Austrália, alguns jogadores foram presos por fazerem partes de esquemas em 2019.

A investigação deste novo caso nos Estados Unidos ainda está em andamento e o seu resultado deve sair em aproximadamente 15 dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES