Início Tecnologia Criptomoedas: CEO de corretora some com 2 bilhões de dólares

Criptomoedas: CEO de corretora some com 2 bilhões de dólares

Na Turquia, após uma promoção de Dogecoins gratuitas, CEO de corretora de criptomoedas some com 2 bilhões de dólares de seus usuários

As pessoas que usam as placas de vídeo para minerar criptomoedas precisam de corretoras para poder converter os seus ganhos ou realizar certas ações. Já na Turquia, uma popular empresa destas tem chamado a atenção por ter simplesmente sumido.

De acordo com informações da Bloomberg, Faruk Fatih Ozer, fundador da corretora Thodex, sumiu com o equivalente a US$ 2 bilhões (R$ 11 bilhões em uma conversão direta) de usuários da sua plataforma. No total, aproximadamente 391.000 usuários acabaram sendo afetados.

Na Turquia, vale notar, muita gente começou a minerar criptomoedas por conta da desvalorização da Lira, sua moeda local, que segue em queda por aproximadamente 9 anos consecutivos. Já para criar uma corretora no país é necessário investir apenas 50.000 liras, equivalente a R$32.000, um valor não considerado muito alto por lá.

Já a Thodex, especificamente, havia atraído muitos usuários novos por conta de uma promoção que daria milhões de Dogecoins gratuitamente, uma criptomoeda que esteve em alta no último mês. Não somente isso, recentemente, a empresa era uma das mais corretoras mais conhecidas e utilizadas do país.

Thodex diz que retornará dinheiro dos investidores de criptomoedas

Antes de deixar aproximadamente 391.000 usuários sem acesso a suas contas na plataforma, um porta-voz da Thodex havia anunciado que a plataforma teria que ser fechada temporariamente para resolver assuntos relacionados às contas da empresa. Entretanto, pouco tempo após o anúncio, o CEO da empresa acabou viajando e, assim, levantou suspeitas.

A Bloomberg ainda aponta que através de um local desconhecido, na última quinta-feira (22), Faruk Fatih Ozer afirmou que pretende devolver o dinheiro dessas pessoas, mas não revelou como e nem quando. Já o Ministério de Justiça da Turquia acionou a Interpol para realizar a prisão do fundador da Thodex.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES