Início For Gamers Valve remove punição em Counter Strike de jogadores banidos há 8 anos

Valve remove punição em Counter Strike de jogadores banidos há 8 anos

Após alteração em regra do Valve Anti Cheat, v$m, jogador profissional banido há 8 anos, pode passar a disputar campeonatos Majors de Counter Strike. Entenda!

Para evitar trapaceiros em seus jogos como no Counter Strike: GO, a Valve mantém um sistema conhecido como VAC (Valve Anti Cheat). Agora, após quase 8 anos de seu banimento, um jogador teve suas restrições removidas para competir.

Vinicius Moreira, mais conhecido como v$m, jogador profissional do MIBR, havia sido banido em 2013 pelo sistema mencionado acima e, apesar de poder disputar campeonatos, tinha algumas restrições. Por exemplo, ele não poderia participar de campeonatos Majors, considerados os maiores de sua categoria.

A restrição acima aplicada no Counter Strike, vale notar, era aplicada para qualquer jogador flagrado pelo Valve Anti Cheat e não apenas para Vinicius v$m, que chegou até mesmo a criar uma hashtag em seu perfil no Twitter para comemorar o fato de ter sido liberado.

Valve alterou regras de bans em Counter Strike

A informação de que o ban havia sido removido foi postada no blog oficial do Counter Strike. Assim, os banimentos só devem afetar jogadores que foram flagrados nos últimos 5 anos ou em qualquer momento após terem participado de um campeonato oficial. Ainda na publicação, a Valve afirma que as restrições foram removidas apenas para campeonatos, ou seja, quem foi banido do jogo ainda seguirá enfrentando restrições.

O Counter Strike: Global Offensive foi lançado em 2012 e essa foi a primeira vez que uma regra do tipo sua foi alterada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES