Início Tecnologia Caso de pirataria pode banir usuários do WhatsApp

Caso de pirataria pode banir usuários do WhatsApp

Por conta de compartilhar um filme de forma ilegal na Índia através do WhatsApp, alguns usuários poderão ser banidos do app acusados de pirataria. Entenda!

Não é incomum que pessoas acabem utilizando o WhatsApp para compartilhar documentos em meio a suas conversas. Entretanto, na Índia, um caso de compartilhamento de arquivos protegidos por direitos autorais, ou seja, de pirataria, tem chamado a atenção.

A Zee Entertainment, produtora do filme “Radhe: Your Most Wanted Bha”, entrou com uma ação no Supremo Tribunal de Déli para suspender a conta de usuários que estariam compartilhando o seu título através do aplicativo de mensagens.

O pedido da produtora acabou realmente sendo aceito pela justiça e, até o momento, ao menos duas pessoas foram consideradas culpadas. Apesar disso, o caso de pirataria em questão parece envolver ao menos 8 usuários do programa de mensagens.

Como parte da decisão do Supremo Tribunal de Déli, ao menos outras três operadoras de telefonia móvel foram solicitadas para fornecer os dados dos outros usuários envolvidos no caso de pirataria tendo até 72 horas para se pronunciarem. O caso deve voltar a julgamento até o dia 1º de junho.

Produtora ressalta que pirataria é prejudicial para todos

Como argumento para defender a sua solicitação, a Zee Entertainment alegou que a pirataria acaba sendo prejudicial para todos. Não somente isso, Salman Khan, um dos produtores do filme, alegou no Twitter que o título foi lançado por um preço justo.

Apesar da grande repercussão do caso, ao menos na nota do Torrent Freak, o WhatsApp ainda não mostrou qual o seu posicionamento em relação a este assunto ou se alguma ação já foi tomada. O Supremo Tribunal de Déli deu até 24 horas para o aplicativo de mensagens suspender as contas deste caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES